sábado, 22 de janeiro de 2011

Fórum Paulista de Juventude: Origem.

Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude

Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude


Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
Gestores municipais se reúnem para criar Fórum Paulista de Juventude.
A Coordenadoria Estadual de Juventude e gestores municipais se reuniram, em São Paulo, para debater a criação do Fórum Paulista de Juventude. O evento aconteceu na Secretaria de Relações Institucionais e teve a participação de 73 gestores de 14 regiões administrativas do Estado.
A idéia central do Fórum é criar uma rede de referência para aqueles que trabalham com a juventude em todo o Estado de São Paulo. O objetivo é que ele seja um espaço para compartilhar diferentes realidades, experiências, desafios, necessidades e sucessos nas ações e iniciativas de juventude.
Entre os participantes aquilo que mais se ouviu foi à necessidade de trocar experiências com outras cidades e regiões. “Todos se comprometeram a contribuir com a rede e com a mobilização em sua cidade”, observou Renata Carolo, assistente técnica da Coordenadoria Estadual de Juventude. Ligia Gonçalves, uma das gestoras convidadas para o encontro, acredita que o fórum vem para “preencher o vácuo que existia na articulação da juventude nos municípios”. 

Luciano Frontelle, do Conselho da Juventude de Sorocaba, entende que essa será a “maior organização já feita no país, porque terá mais impacto para o interesse coletivo. Queremos reunir sociedade civil, governo e gestores municipais em um único espaço”.  Para o coordenador de juventude de Sertãozinho, Rodrigo Clemente, a manutenção e a criação do Fórum proporcionarão o intercâmbio de informações e de objetivos das diferentes regiões.
Depois de muita discussão foram levantadas as principais metas para o ano de 2010: fazer da rede um espaço efetivo de trocas e articulação entre os gestores, promover discussões locais (nas 15 regiões), divulgar as ações já realizadas e promover quatro encontros presenciais. 
A primeira reunião acontecerá em fevereiro do próximo ano na região da Baixada Santista. O tema deste encontro será debatido na rede de e-mails JUVENTUDESP criada a partir do II Ciclo de Encontros Regionais de Políticas Públicas de Juventude. Quem ainda não faz parte desta rede é só enviar um e-mail para juventude@sp.gov.br solicitando a entrada.